Vice-presidente dos EUA anuncia US$16 mi para imigrantes venezuelanos

Mike Pence chega em Lima para participar da Cúpula das Américas (Foto: Reuters)

BRASÍLIA/ LIMA- O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, anunciou no Peru neste fim de semana que Washington doará 16 milhões de dólares para ajudar venezuelanos que fugiram da crise econômica do país, dos quais parte poderá ir para grupos de acolhimento na Colômbia e no Brasil.

Pence está em Lima para participar da Cúpula das Américas, evento que reúne chefes de Estado da região nesta sexta-feira e sábado. Trump cancelou sua visita que estava prevista à cúpula para focar na crise da Síria.

o que representa a maior contribuição fornecida até agora pelos Estados Unidos a quem deixou a Venezuela.

Em um ato em Lima com opositores venezuelanos, Pence anunciou a contribuição econômica, que beneficiará o programa do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) na região e comunidades de refugiados venezuelanos na Colômbia e no Brasil.

“Estamos com o povo da Venezuela e seguiremos fazendo tudo o que esteja ao nosso alcance para proporcionar sustento e apoio àqueles que fugiram”, disse Pence.

Os fundos ajudarão a proporcionar aos refugiados venezuelanos na Colômbia e no Brasil “água que seja segura beber, provisões de higiene, refúgio, proteção da violência e da exploração, e oportunidades de trabalho e educação”, segundo informou o Departamento de Estado americano em comunicado.

Esta é a maior quantia de ajuda humanitária fornecida até agora pelos EUA a refugiados venezuelanos, dado que nos últimos meses anunciou somas menores, de US$ 2,5 milhões e US$ 3 milhões, segundo explicou a jornalistas um alto funcionária da Usaid.

Do total de fundos, a Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional (Usaid) repartirá US$ 3,5 milhões entre organizações locais, enquanto o restante irá para o Acnur.

(Com Reuters)