Trump ameaça cortar ajuda à Califórnia para combate a incêndios

O governador eleito Gavin Newsom (democrata) acompanhou Trump na visita aos locais afetados pelo fogo (Foto: AP)

WASHINGTON – O presidente americano, Donald Trump, disse nesta quarta-feira, 9, que cortará a ajuda federal de emergência enviada à Califórnia após devastadores incêndios até que o estado, controlado pelos democratas, “se comporte de forma adequada”.

“Foram enviados milhões de dólares ao estado da Califórnia para incêndios florestais que, com a gestão florestal adequada, nunca teriam ocorrido”, tuitou Trump.

“A menos que se comportem de forma adequada, que é improvável, ordenei ao FEMA que não envie mais dinheiro. É uma situação escandalosa em vidas e dinheiro!”, afirmou, em referência a Agência Federal para Gestão de Emergências.

Por ora, não se sabe se Trump já ordenou o corte de fundos da FEMA ou como isso acontecerá na prática.

O alerta amplia as tensões de Trump com as autoridades da Califórnia sobre a responsabilidade pelos incêndios, entre eles, o de novembro, que deixou mais de 80 mortos e se tornou o pior da história do estado.

Enquanto Trump acha que o problema é a má gestão, os democratas na Califórnia consideram que isso se deve em grande parte aos efeitos das mudanças climáticas.

(AFP)