Milhares de pessoas enfrentam frio intenso para assistir desfile do Thanksgiving em Nova York

(Foto: AP)

NOVA YORK – Uma multidão enfrentou temperaturas congelantes para assistir o tradicional desfile de Ação de Graças dessa quinta-feira, 22, em Nova York.

As pessoas começaram a chegar abaixo de um frio de 8ºC negativos às 2 horas da manhã, sete horas antes do início da 92° edição do evento patrocinado pela rede de lojas Macy’s, para garantir o melhor lugar para acompanhar a passagem de 16 balões gigantes na forma de personagens de desenho animado desde Bob Esponja, Pikachu e Goku à Papai Noel.

Resultado de imagem para macy's parade 2018 public sleeping

A atração marca a chegada do bom velhinho à cidade e, consequentemente, dá início à temporada de compras de fim de ano.

Durante as 3 horas do desfile entre as ruas 77 e a 34, onde está localizada a loja da Macy’s, o público esqueceu o frio mais intenso desde 1901 para cantar com artistas como Martina McBride, Sugarland, Kane Brown, John Legend, Diana Ross, Ally Brook e Ashley Tisdale.

A cantora britânica Rita Ora decepcionou os fãs com a falta de sincronia do playback, recurso usado pelos cantores uma vez que os carros alegóricos não têm estrutura para carregar os equipamentos de som adequados.

Resultado de imagem para macy's parade rita ora

A organização do evento chegou a pedir desculpas e afirmar que a culpa não foi da artista. Mas as críticas levaram a parada da Macy’s ao segundo assunto mais comentado do Twitter norte-americano.

Resultado de imagem para macy's parade kelly clarkson

Já Kelly Clarkson não quis arriscar o vexame e dispensou o carro alegórico para cantar ao vivo em um palco ao ar livre. “Ninguém mais cantou ao vivo na parada como Kelly, uma real rainha”, comentou uma fã. “Poderiam substituir a parada anual da Macy’s por um espetáculo só da Kelly Clarkson”, disse outro sobre performance da música “Heat”.