Firmino temeu perder olho após lance com Vertonghen: “Medo de ficar cego”

LONDRES – O atacante Roberto Firmino, do Liverpool, assumiu nesta quinta-feira que temeu ficar cego de um olho após ter sido acertado por uma “dedada” acidental do zagueiro Jan Vertonghen, do Tottenham.

O incidente ocorreu durante a quinta rodada do Campeonato Inglês, em partida que terminou com a vitória por 2 a 1 dos ‘Reds’. Em entrevista à emissora britânica “Sky Sports”, o brasileiro relatou que sentiu que poderia ter perdido a vista.

“Tinha medo de ficar cego de um olho e não voltar a ver nunca mais. Graças a Deus, nada ocorreu e foi melhorando gradualmente. Tenho tomado minha medicação e me cuidado porque os olhos são muito importantes quando você é um jogador profissional”, explicou.

Firmino passou a treinar com óculos especiais para poupar a visão. Três dias depois do ocorrido, o atacante saiu do banco de reservas e marcou o gol da vitória por 3 a 2 do Liverpool sobre o Paris Saint-Germain, pela Liga dos Campeões.

“Estava assustado, mas a dor, gradualmente, foi passando depois que o médico me deu um analgésico. Quando o incidente aconteceu, tudo estava confuso e eu não podia ver pelo meu olho esquerdo”, lembrou Firmino, que já treina e joga sem limitações.