Família presta últimas homenagens ao ex-presidente Bush em funeral em Houston

(Foto: Reuters)

HOUSTON  – A família do ex-presidente norte-americano George H.W. Bush se destacou em seu funeral em uma igreja de Houston nesta quinta-feira, 6, quando netos atuaram como carregadores de caixão honorários e netas leram passagens da Bíblia.

Bush, o 41º presidente dos Estados Unidos, morreu na semana passada no Texas com 94 anos. Seus restos mortais foram enviados de avião ao Texas na noite de quarta-feira, depois de um funeral de Estado na Catedral Nacional de Washington ao qual compareceram o atual presidente dos EUA, Donald Trump, os quatro ex-presidentes ainda vivos do país e líderes estrangeiros.

O serviço desta quinta-feira começou na Igreja Episcopal St. Martin, que Bush frequentou durante mais de 50 anos, e as mais de mil pessoas presentes cantaram “America the Beautiful”.

George W. Bush, que seguiu seu pai até a Casa Branca, sentou-se no banco da frente perto do caixão coberto com a bandeira norte-americana.

George P. Bush, filho de Jeb Bush, ex-governador da Flórida e um dos 17 netos do ex-presidente, lembrou de quando pescava e dividia sorvete Blue Bell Creameries, uma marca conhecida no Texas, com o homem que chamava de “Gampy” na infância.

James Baker, que atuou como secretário de Estado de Bush e foi um amigo de longa data, louvou o líder falecido por ser um pacificador e “um ser humano realmente maravilhoso”.

“Ele não era conhecido como um orador habilidoso, mas seus feitos foram bastante eloquentes, e ele demonstrou sua eloquência gravando-os no granito duro da história”, disse Baker, com a voz embargada em alguns momentos, ao resumir as conquistas de política externa de Bush.

Os presentes riram quando Baker lembrou como Bush mostrava que uma conversa tinha acabado: “‘Baker, se você é tão esperto, por que eu sou presidente e você não?’’” A estrela da música country Reba McEntire estava entre os artistas que se apresentaram na cerimônia. Após o funeral em St. Martin’s, um trem transportou seus restos mortais por cerca de 130 quilômetros até College Station, no nordeste do Texas, onde ele repousará em sua biblioteca presidencial.

Bush, aviador naval que escapou por pouco da morte ao ser abatido por forças japonesas sobre o Oceano Pacífico durante a Segunda Guerra Mundial, será enterrado com honras militares, incluindo um sobrevoo de 21 aeronaves da Marinha dos EUA. Bush foi presidente de 1989 a 1993, período em que lidou com o colapso da União Soviética e expulsou as forças do ex-presidente iraquiano Saddam Hussein do Kuwait rico em petróleo.