Pai e filho morrem intoxicados por monóxido de carbono em ação suicida

Vizinhos prestaram homenagem ao menino assassinado pelo pai

DERRY – Pai e filho morreram por intoxicação por monóxido de carbono em New Hampshire foi proposital,  informou a Procuradoria Geral do Estado na tarde desta terça-feira, 13, ao revelar que o caso foi caracterizado como homicídio e suicídio.

Os corpos de Matthew Edmunds, 39 anos, e Preston, 6, foram encontrados pouco depois do meio dia de ontem quando a polícia foi acionada para verificar se os moradores da 30 Kendal Pond Road passavam  bem.

Ao chegar no mobile home, a Polícia encontrou um bilhete pendurado no ventilador da sala que avisava que eles encontrariam o pai e o filho no quarto. Na nota, Edmundo escreveu para que os policiais tomassem cuidado com o “alto nível de monóxido de carbono”.

Pai e filho estavam trancados em um quarto lacrado com cobertores e fita adesiva. No local, segundo o Boletim de Ocorrência (BO), havia duas grelhas com carvão em brasa.

Preston morava com o pai que tinha a custódia da criança e não frequentava a escola. O irmão mais velho, Connor, também morreu aos 6 anos em um acidente na piscina em março de 2009.

A Polícia investiga se há conexão entre as mortes.