Nevasca continua e mais de 200 mil estão sem luz em Massachusetts

Em New Hampshire motoristas enfrentaram problemas sérios com as estradas sem limpezas adequadas Foto: CNN

BOSTON – A terceira nevasca num período de dez dias em Massachusetts e Nova Inglaterra bateu o recorde de acúmulo de neve em março, ultrapassando a 50 cm. Até a tarde desta terça-feira, 1,5 mil  voos foram cancelados, a maioria estava previsto para chegar ou sair do aeroporto internacional do Logan, em Boston, segundo o site FlightAware.

Além da tempestade de neve, rajadas de vento atingiram 111 km/h no litoral de Massachusetts, chegando também a Rhode Island, Connecticut, New Hampshire e Maine.

Em Massachusetts, a cidade de Milford registrou o maior acúmulo de neve, mais de 50 cm  até agora. O drama no estado amplia com 225.734 pontos sem energia elétrica. O Condado de Barnstable registra a situação mais crítica.

Segundo o Serviço Nacional de Meteorologia, a neve que começou a cair na segunda-feira só deve cessar na madrugada de quarta-feira.

Os serviços públicos foram suspensos e as autoridades pedem para que as pessoas fiquem em casa diante do aviso de blizzard, quando a nevasca vem acompanhada de ventania, levando a vizibilidade à zero.  “Está muito perigoso e a nossa equipe trabalha para atenuar os transtornos o máximo possível”, disse o governador Charlie Barker.

Mais de 800 caminhões fazem a limpeza das vias públicas do Estado que já tem mais neve acumulada do que em março de 1960.

A tempestade que atinge Massachusetts se estende por todo o cinturão da Nova Inglaterra e castiga também Nova York, Nova Jersey, Pensilvânia e Oregon.