Madri lança campanha para homens ‘fecharem as pernas’ no transporte público

Madri lança campanha para homens ‘fecharem as pernas’ no transporte público

COMPARTILHAR

MADRI- A capital da Espanha, Madri, lançou uma campanha pedindo que os homens fechem as pernas ao viajarem sentados no transporte público.

A EMT, empresa municipal de transportes da cidade, espalhou placas com a figura de um homem sentado, com as pernas abertas, ao lado de um grande X vermelho.
A mesma campanha foi feita no sistema de metrô.

A iniciativa ocorre depois de uma petição virtual criada por um grupo de apoio a mulheres com mais de 12 mil assinaturas.
Outras cidades já tomaram medidas semhantes.

Por meio de um comunicado, a EMT disse que o objetivo das novas placas era lembrar os passageiros do sexo masculino sobre “a necessidade de manter o comportamento cívico e respeitar o espaço de todos a bordo do ônibus”.

O grupo Mujeres en Lucha (Mulheres em Luta, em português) disse na petição virtual que não era incomum no transporte público ver mulheres “com suas pernas fechadas e muito desconfortáveis por causa de um homem sentado a seu lado e invadindo seu espaço”.
A hashtag #MadridSinManspreading (#MadridsemManspreading) foi usada amplamente nas redes sociais, em alusão ao termo em inglês que define a prática (“Manspreading”).

Em 2014, a autoridade responsável pelo transporte metropolitano de Nova York recorreu à mesma iniciativa ao espalhar placas no metrô da cidade que diziam: “Cara…pare de abrir as pernas, por favor”.
A cidade americana da Filadélfia também lançou a campanha “Cara, isso é rude”, enquanto o departamento de transportes de Seattle pendurou placas retratando um polvo espalhando seus tentáculos nos assentos próximos.

bbc-v2

Comentários

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA