Filme de imigrante mexicano é o mais premiado do Oscar 2018

No discurso da Vitória, Dell Toro lembrou ser um imigrante mexicano ( Foto: AP)

LOS ANGELES – A 90ª edição do Oscar, principal premiação cinematográfica de Hollywood, teve como principal vencedor o filme  “The Shape of Water” (A Forma da Água”), escrito e dirigido pelo mexicano Guillermo del Toro. O longa, que conta a história de uma faxineira que se apaixona por um monstro aquático, ganhou os prêmios de melhor filme, diretor, direção de arte e trilha sonora.

Em seu discurso na cerimônia, realizada na noite deste domingo, 4, em Los Angeles, Del Toro falou sobre os personagens fora do padrão que exibe no filme e lembrou que é um imigrante vivendo nos Estados Unidos. “A melhor coisa que nossa indústria faz é ajudar a apagar as linhas feitas na areia enquanto o mundo tenta deixá-las ainda mais profundas”, afirmou.

Sam Rockwell, Frances McDormand, Allison Janney e Gary Oldman
Os vencedores dos prêmios de atuação do Oscar deste ano (Foto: Reuters)

E as manifestações não pararam por aí. Frances McDormand, eleita melhor atriz por sua atuação em “Three Billboards Outside Ebbing, Missouri” (Três Anúncios para um Crime), pediu que as outras indicadas na mesma categoria se levantassem e fez um discurso pedindo maior inclusão feminina em Hollywood.

“Olhem em volta, senhoras e senhores, porque todas nós temos histórias para contar e projetos que precisam ser financiados. Não falem conosco sobre isso nas festas de hoje à noite. Nos convidem para ir aos seus escritórios em alguns dias, ou vocês podem vir aos nossos. Eu tenho três palavras para deixar com vocês essa noite: cláusula de inclusão”, falou, referindo-se à uma cláusula que atores podem colocar em seus contratos exigindo o mínimo de diversidade na equipe de um filme.

O Oscar também teve uma novidade: o primeiro filme estrelado por uma transexual a levar um prêmio. O chileno “A Fantastic Woman” (Uma Mulher Fantástica), dirigido por Sebastián Lelio e protagonizado pela atriz e cantora transexual Daniela Vega, foi escolhido o melhor filme estrangeiro.

Confira a lista de vencedores:

Sally Hawkins em A Forma da Água
A atriz Sally Hawkins em cena do filme A Forma da Água, de Guillermo del Toro (Foto: Divulgação/Fox)

Melhor filme

A Forma da Água (The Shape of Water) 

 

 

Melhor diretor/diretora

Vencedor: Guillermo del Toro (The Shape of Water)

Melhor atriz

Frances McDormand (Three Billboards Outside Ebbing, Missouri)

Melhor ator

Gary Oldman (Darkest Hour)

Melhor roteiro original

Get Out!

 

Melhor roteiro adaptado

Call me by your name

 

Melhor atriz coadjuvante

Allison Janney (I, Tonya)

 

Melhor ator coadjuvante

Sam Rockwell (Three Billboards Outside Ebbing, Missouri)

Indicados:

 

Melhor roteiro adaptado

Vencedor: Call me by your name

Melhor filme estrangeiro

A Fantastic Woman, de Sebastián Lelio (Chile)

 

Melhor documentário

Ícaro

 

Melhor fotografia

Vencedor: Blade Runner 2049

Melhor direção de arte

The Shape of Water

 

Melhor edição

Dunkirk

Melhor animação

Coco

Indicados:

 

Melhor canção

Remember Me (Coco) 

 

Melhor trilha sonora

Alexandre Desplat, The Shape of Water

 

Melhores efeitos visuais

Blade Runner 2049

 

Melhor maquiagem

Darkest Hours

Melhor mixagem de som

Dunkirk

Melhor edição de som

Dunkirk

 

Melhor curta-metragem

The Silent Child

 

Melhor curta de animação

Dear Basketball

 

Melhor curta documentário

Heaven is a traffic jam on the 405