De reserva a MVP do Super Bowl: Nick Foles é eleito o melhor jogador da decisão da NFL

(Foto: Getty Images)

MINNEAPOLIS – A opinião era quase unânime no dia 10 de dezembro: o Philadelphia Eagles estava praticamente fora da briga pelo título da NFL.

Afinal de contas, esse foi o dia em que Carson Wentz rompeu o ligamento do joelho direito em uma vitória contra o Los Angeles Rams. Ele era o grande nome do ataque da equipe e ninguém acreditava que o reserva Nick Foles poderia fazer um trabalho tão bom.

Pouco menos de dois meses depois, Nick Foles deu sua resposta dentro de campo. Com um jogo impecável, comandou os Eagles na conquista de seu primeiro Super Bowl e acabou eleito o MVP da decisão da NFL.

Foram 373 jardas, três touchdowns e apenas uma interceptação para ele. Para completar, ele ainda recebeu um TD de uma jarda, se tornando o primeiro jogador da história a lançar e receber um touchdown no mesmo Super Bowl.

“Jogamos o nosso jogo. Sempre sonhamos com esses momentos quando somos crianças. Estou muito feliz por comemorar esse título com a minha família, com os torcedores, colegas de time”, disse Fole, em entrevista ainda no gramado

“É incrível esse momento. Nós treinamentos bastante aquele jogada do TD. Foi muito bem executada a jogada. Tive momentos na carreira que pensei em me aposentar. Mas consegui tirar forças, tive o apoio da minha família e estou muito feliz das escolhas que fiz para chegar até aqui”, completou em entrevista coletiva.

Curiosamente, esta é a segunda temporada consecutiva que o MVP do Super Bowl é um quarterback que não começou a temporada como titular. No ano passado, porém, o motivo era completamente diferente: Tom Brady começou o campeonato suspenso por conta do episódio das bolas murchas.

Image result for espn