Candidato de esquerda amplia vantagem em disputa presidencial no México, diz pesquisa

Candidato de esquerda à Presidência do México Andrés Manuel López Obrador, em imagem de arquivo (Foto: Reuters)

CIDADE DO MÉXICO – O candidato de esquerda à Presidência do México Andrés Manuel López Obrador viu sua vantagem para a votação de julho aumentar, enquanto o nome do partido governista perdeu um pouco de apoio, indicou pesquisa de intenção de voto publicada por um jornal “El Economista” nesta quarta-feira, 14.

O ex-prefeito da Cidade do México, que já concorreu duas vezes à Presidência, lidera o grupo de candidatos com 27,1 % das intenções de voto em fevereiro, 3,5 pontos percentuais a mais do que o indicado em janeiro, de acordo com o levantamento da Mitofsky, publicado pelo jornal local.

O ex-ministro de Finanças do México José Antonio Meade, candidato do governista Partido Revolucionário Institucional (PRI), aparece em terceiro lugar com 18 %, ante 18,2 % em levantamento anterior.

Ricardo Anaya, ex-líder da legenda de centro-direita Partido Ação Nacional (PAN), apareceu em segundo lugar com 22,3 % das intenções, comparado com os 20,4 % registrados na pesquisa anterior. Anaya renunciou em dezembro para disputar a Presidência em uma aliança com a legenda de centro-esquerda Partido da Revolução Democrática (PRD).