Bush pai se desculpa com mulher após nova acusação de assédio sexual

AUSTIN – O ex-presidente dos Estados Unidos George H. W. Bush (1989-1993) se desculpou nesta segunda-feira com uma mulher que o acusa de tê-la tocado de maneira inadequada durante uma sessão de fotos que aconteceu em 2003, quando ela tinha apenas 16 anos, e ele 79.

O porta-voz do ex-presidente, Jim McGrath, afirmou em um comunicado à imprensa que Bush pai “nunca causaria angústia a ninguém com pleno conhecimento”, um discurso muito parecido com o utilizado na primeira ocasião em que o político foi acusado de uma atitude similar.

“Novamente (Bush pai) se desculpa com qualquer um que tenha ofendido durante uma sessão fotográfica”, acrescentou.

A mulher denunciante, Roslyn Corrigan, declarou em entrevista concedida à revista “Time”, publicada nesta segunda-feira, que sua reação inicial após ter sido tocada de forma inadequada foi “de absoluto terror”.

“Estava muito, muito confusa”, disse a mulher.

O incidente aconteceu quando Roslyn e sua mãe, Sari Young, posavam para uma foto oficial, cada uma de um lado de Bush pai, que supostamente aproveitou o momento para apalpar as nádegas da então adolescente.

Os fatos aconteceram, de acordo com o relato de Roslyn, em novembro de 2003, durante um evento realizado nos escritórios da CIA no Texas, ao qual a jovem compareceu acompanhada de seu pai, que trabalhava para a instituição.

Durante a entrevista, Roslyn se perguntou: “O que uma adolescente pode dizer ao ex-presidente dos Estados Unidos? Tio, não deveria ter me tocado assim?”.

Segundo o artigo da “Time”, até sete pessoas, incluindo membros da família e amigos, confirmaram à revista que Roslyn lhes contou então o ocorrido.

Com a de hoje, já são seis as acusações de assédio sexual contra o ex-presidente desde que em 24 de outubro a atriz americana Heather Lind disse que Bush pai a acariciou em duas ocasiões enquanto lhe contava uma “piada obscena” durante uma excursão promocional de uma série na qual trabalhou.

Após essa primeira acusação, o porta-voz do ex-presidente afirmou em comunicado que o político, de 93 anos de idade, “nunca, sob nenhuma circunstância, causaria intencionalmente angústia a ninguém”, e transferiu as desculpas de Bush pai caso seu senso do humor tivesse ofendido Heather.

Estas acusações aconteceram depois que explodiu uma campanha contra o assédio sexual por conta do recente escândalo de Harvey Weinstein, um dos produtores mais poderosos de Hollywood e a quem dezenas de mulheres acusam de supostos comportamentos abusivos.