Atletas das Coreias desfilam juntos na abertura dos Jogos de Inverno; Pence evita encontro com autoridade norte-coreana

SEUL/PYEONGCHANG – O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, fez apenas uma aparição breve em uma recepção que marcou o início da Olimpíada de Inverno nesta sexta-feira, 9, evitando um encontro potencialmente constrangedor com o líder cerimonial da Coreia do Norte, que compareceu ao mesmo evento.

A recepção no resort montanhoso de Pyeongchang ocorreu horas antes de atletas das duas Coreias desfilarem juntos na cerimônia de abertura dos Jogos, após meses de trabalho de Seul, que quer usar os Jogos para amenizar as tensões causadas pela busca norte-coreana por armas nucleares.

Antes da recepção, que teve como anfitrião o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, a mídia local disse que Pence poderia se sentar diante de Kim Yong Nam, chefe de Estado nominal da Coreia do Norte, em uma mesa de 12 lugares.

Mas a Casa Azul presidencial da Coreia do Sul disse que Pence tinha um encontro marcado com atletas de seu país e que só planejou ficar pouco tempo para cumprimentar outras autoridades.

Pence trocou apertos de mão com outros líderes, incluindo o primeiro-ministro japonês e aliado próximo Shinzo Abe, mas não com Kim Yong Nam, de acordo com um funcionário da Casa Azul.

Mais cedo nesta sexta-feira Pence disse que Moon deu seu apoio a medidas adicionais que os EUA estão planejando para conter os programas nuclear e de mísseis de Pyongyang, falando depois de prestar uma homenagem em um memorial sul-coreano.

Na cerimônia de abertura dos Jogos, Kim Yong Nam e a irmã do líder norte-coreano, Kim Jong Un, acenaram para atletas sul e norte-coreanos, que desfilaram sob uma bandeira da península unificada pela primeira vez em uma década.

Mais tarde Moon declarou a Olimpíada oficialmente iniciada, seguido por uma explosão de fogos de artifício. Kim Yuna, estrela sul-coreana da patinação artística e medalhista olímpica de ouro, acendeu a pira olímpica.

A delegação de alto escalão da Coreia do Norte chegara ao vizinho do sul mais cedo nesta sexta-feira a bordo do jato particular de Kim Jong Un.

Kim Yo Jong, a irmã do líder norte-coreano, e sua delegação foram recebidas por autoridades do governo, inclusive o Ministro da Unificação, Cho Myong-gyon, antes de embarcar em um trem-bala para Pyeongchang. Um trem especial havia sido preparado só para os visitantes, informou um comunicado da Casa Azul.

Pence havia deixado em aberto a possibilidade de algum contato com os norte-coreanos na Coreia do Sul, mas reiterando a insistência de Washington de que a desnuclearização da Coreia do Norte é uma condição necessária para uma paz permanente.