Ações asiáticas atingem pico de 10 anos por alta global nos mercados

TÓQUIO – As ações asiáticas atingiram um pico de 10 anos nesta quinta-feira, 12, aproveitando uma disparada nos mercados globais, enquanto o dólar caia depois que o Fed mostrou uma visão mais cautelosa em relação à inflação.

O índice MSCI .MIAPJ0000PUS, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, estava em alta de 0,55 por cento, atingindo sua pontuação mais alta desde dezembro de 2007.

O índice japonês Nikkei .N225 fechou em alta de 0,35 por cento depois de chegar perto dos 20.994,40 pontos, valor mais alto desde novembro de 1996. O Kospi .KS11 sul-coreano subiu 0,68 por cento e marcou um novo pico recorde, e o Hang Seng .HSI, de Hong Kong, alcançou a maior alta de uma década.

A Ásia seguiu a onda de Wall Street, onde os principais índices atingiram mais uma série de fechamentos recordes de quarta para quinta-feira, na esteira de uma reportagem segundo a qual um candidato simpático ao empresariado está sendo cogitado como sucessor de Janet Yellen no comando do Fed, o banco central norte-americano.

O sentimento mais favorável ao risco melhorou nesta semana depois que a Catalunha freou seus planos de independência da Espanha, e o índice de ações MSCI, que engloba 47 países, alcançou um recorde.

O mercado global de ações parece estar se acomodando com desdobramentos geopolíticos como a iniciativa separatista na Espanha e as tensões na Península Coreana, o que explica as altas recordes.